Empreendedorismo Social

negociossociais

O que é um Empreendedor Social?
Os empreendedores sociais são indivíduos com soluções inovadoras para os problemas sociais mais prementes da sociedade. São ambiciosos e persistentes, enfrentando as grandes questões sociais e propondo novas ideias de mudança em larga escala.

Em vez de relegarem as necessidades da sociedade para os setores público ou privado, os empreendedores sociais identificam o que não está a funcionar e resolvem o problema mudando o sistema, disseminando a solução e persuadindo sociedades inteiras a seguir um novo rumo.

Os empreendedores sociais muitas vezes parecem estar possuídos pelas suas ideias, dedicando a vida a mudar a orientação do seu setor. São simultaneamente visionários e muito realistas, preocupando-se acima de tudo com a aplicação prática da sua visão.

Cada empreendedor social apresenta ideias simples, compreensíveis e éticas e tenta obter apoio generalizado a fim de maximizar o número de pessoas locais que irão apoiá-lo, adotar a sua ideia e implementá-la. Por outras palavras, cada empreendedor social é um recrutador em massa de changemakers locais – um modelo que demonstra que os cidadãos que canalizam a sua energia para a ação conseguem fazer praticamente tudo.

Durante as últimas duas décadas, o setor social descobriu o que o setor privado já sabia há muito tempo: Não há nada tão poderoso como uma ideia nova nas mãos de um empreendedor de excelência.

Porquê Empreendedor “Social”?

Do mesmo modo que os empreendedores em geral mudam a face dos negócios, os empreendedores sociais atuam como agentes de mudança da sociedade, aproveitando as oportunidades que outros deixam passar e melhorando os sistemas, inventando novas abordagens e criando soluções capazes de mudar a sociedade para melhor. Enquanto um empreendedor privado pode criar indústrias inteiramente novas, um empreendedor social propõe soluções novas para os problemas sociais e implementa-as em grande escala.

Exemplos Históricos de Empreendedores Sociais Líderes:

Susan B. Anthony (EUA) Lutou pelos Direitos das Mulheres nos Estados Unidos, incluindo o direito de controlar os bens, e ajudou a liderar o processo de aprovação da 19ª emenda.

Vinoba Bhave (Índia): Fundador e líder do Land Gift Movement (Movimento de Doação de Terras, levou à redistribuição de mais de 17.300.000 hectares de terra para ajudar os intocáveis e os sem-terra da Índia.

Dra. Maria Montessori (Itália): Desenvolveu o método de educação infantil Montessori.

Florence Nightingale (Reino Unido): Fundadora da enfermagem moderna, criou a primeira escola de enfermagem e lutou para melhorar as condições hospitalares.

Margaret Sanger (EUA) Fundadora da Planned Parenthood Federation of America (Federação Americana do Planeamento Familiar) dirigiu o movimento em prol do planeamento familiar em todo o mundo.

John Muir (EUA): Defensor da natureza e conservador, fundou o Sistema Nacional de Parques e ajudou a fundar o Sierra Club.

Jean Monnet (França) Responsável pela reconstrução da economia francesa após a Segunda Guerra Mundial, incluindo a criação da Comunidade Europeia do Carvão e do Aço (CECA). A CECA e o Mercado Comum Europeu foram precursores diretos da União Europeia.

 

Fonte: ASHOKA